Cine Debate encerra a Semana Municipal da Água

Evento acontece nesta quinta-feira e, além do cine debate, vai apresentar uma homenagem ao Comitê Rio Passo Fundo

 

     Nesta quinta-feira, 31, acontece o encerramento da Semana Municipal da Água, que teve início no dia 9 e, durante todo o mês, envolveu a comunidade em atividades relacionadas ao meio ambiente e, especialmente, à questão dos recursos hídricos na cidade. O encerramento, que acontece no Teatro Múcio de Castro, às 16h, envolve escolas estaduais, municipais e particulares de ensino fundamental e médio, além do Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas em um cine debate: depois da exibição do documentário “O Rio Mais Poluído do Mundo” alunos de cada escola serão desafiados a um debate a respeito não só do filme, mas, também, sobre a escassez de água e aquecimento global. A atividade é gratuita e aberta à comunidade

 

Homenagem

    Ainda, além da atividade – que é promovida pela Agenda 21, Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Comitê Rio Passo Fundo, Sala Futura e Secretaria Municipal da Educação – será realizada uma homenagem ao Comitê Rio Passo Fundo em virtude dos 12 anos de atuação da entidade na região de abrangência da Bacia Hidrográfica do Rio Passo Fundo, comemorados no dia 23 de março – data em que o Comitê foi fundado de forma oficial.

 

Sinopse: “O Rio Mais Poluído do Mundo”

   Nesse documentário de 25 minutos da série “Unreported World”, uma jornada descendo pelo Rio Citarum, na Indonésia, revela o problemático impacto ambiental da explosão populacional e da poluição das indústrias têxteis. Garrafas plásticas, fraldas, sapatos encharcados, lixo doméstico, peixes mortos, corpos inchados de bodes e muitas larvas fazem parte do cenário encontrado nas águas imundas, contaminadas e envenenadas cujas vidas de mais de 35 milhões de pessoas dependem. A população do vilarejo produz, em média, 6 mil toneladas de lixo por dia. No total, 10 milhões de pessoas vivem às suas margens, sem lugar algum onde depositar seu lixo, a não ser na água. Ao longo das últimas décadas, mais de 60% das espécies de peixes foram eliminadas e substituídas, não apenas por detritos lançados pela explosão populacional, mas também por uma quantidade imensurável de chumbo, mercúrio e agentes químicos oriundos das fábricas têxteis - fábricas que cobrem enormes áreas da região e das quais boa parte da economia Indonésia passou a depender.

 

Link para o documentário:

https://www.youtube.com/watch?v=Tsb3vgeZF-c